quinta-feira, 20 de julho de 2017

Leo Vieira: Trabalho Autoral: Proteção, Profissionalismo, Respeito e Reconhecimento

Antes de tudo, vou listar a importância do registro de qualquer trabalho autoral:
– preserva a autenticidade de sua obra;
– impede que sua obra seja plagiada;
– impede que sua obra seja distorcida com acréscimos e/ou remoção de itens que
descaracterizem seu trabalho;
– impede que pessoas registrem o seu próprio trabalho e impeçam você de publicar a sua
própria criação;
– passa profissionalismo aos clientes, ao manter suas produções devidamente registradas,
organizadas e acessíveis;
Frases, composições musicais, partituras, textos, roteiros, contos, crônicas, poesias,
livros, logotipos, ilustrações, histórias em quadrinhos, personagens, etc. Tudo isso precisa
de registro antes e ser exposto na internet. Mas será que tudo que você publica ou pensa em publicar precisa de registro? Isso é relativo.
Tenha o hábito de reunir e organizar suas criações e também o hábito de ir regularmente à
Biblioteca Nacional periodicamente. Nesse intervalo, vá reunindo o trabalho e assim leve o
material com a ficha de inscrição, as cópias dos documentos e o registro de depósito do
pagamento.

Para quem trabalha com ilustrações e quadrinhos:
O registro de desenhos, personagens e histórias em quadrinhos são distintos e
necessários.
Registro de desenho: é quando você desenhou uma paisagem ou personagem qualquer de sua autoria ou alheio. O que está registrado é apenas a ilustração.
Registro de personagem: é quando você registra o seu personagem em quatro ângulos (frente,
verso, perfil e semi-perfil), o chamado “model sheet”, junto com o nome, características de
personalidade e cores. O personagem e suas características estão protegidas e seus direitos autorais reservados.
Registro de história em quadrinhos: é quando você registra a história apenas. O roteiro
não está garantido e nem mesmo os personagens utilizados. A história está protegida de ser plagiada e exposta sem autorização do autor.
Se você registra uma história em quadrinhos achando que os personagens já estão protegidos, você corre o risco e ser sabotado num registro alheio e ainda por cima, o oportunista pode te impedir de usar a história que consta o personagem registrado antes por ele.

Para mais informações, acesse o site a Biblioteca Nacional:
https://www.bn.gov.br/ 

Leo Vieira



Leo Terário


® Leo Vieira- Direitos Reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário